20/07/2018

Suspicious Link Detection: entenda a nova ferramenta do whatsapp que promete proteger o usuário de links maliciosos

Compartilhe:

Na busca por combater a ocorrência da propagação de fake news e links com vírus, o whatsapp vem testando recentemente o que por hora chamam de “suspicious link detection” (detecção de link suspeito em português). Um recurso que deve analisar as páginas enviadas e recebidas no app a fim de descobrir se são maliciosas ou não.Você sabia?O clique por impulso é um dos principais responsáveis pela propagação de vírus, fake news e outros malefícios cibernéticos nos aplicativos de mensagem. A falta de critério na hora de receber e compartilhar links pode levar o usuário a sites criminosos, tanto aqueles que os fazem cair em um golpe, ou que possuem informações falsas sobre determinado assunto.Como funcionará?O Suspicious Link Detection promete fazer a varredura da URL (endereço do site) e buscar nele caracteres especiais. Estima-se que na maioria dos golpes os links possuem o mesmo nome de um site seguro porém com um caractere especial, que se pareça com ele.Caso o aplicativo encontre no link esta característica, a mensagem é marcada com uma etiqueta vermelha na qual se lê “suspicious link” e não o bastante ainda avisará ao usuário que o link é potencialmente perigoso caso for aberto. E a pessoa então escolhe entre voltar ou de fato abrir o link caso quiser.[caption id="attachment_1502" align="aligncenter" width="500"]2.prints-do-whatsapp-com-recurso-de-links-suspeitos-em-funcionamento (1) fonte: g1.com[/caption]Na última terça-feira, dia 10, os usuários puderam perceber também o aviso de mensagem encaminhada. Esta alteração serve para que o usuário saiba quando a mensagem foi escrita por um amigo ou repassada de outra conversa. No entanto, por conta da criptografia, o nome de quem originou a mensagem não é identificado e tão pouco o autor ficará sabendo que sua mensagem foi encaminhada a outra pessoa.[caption id="attachment_1503" align="aligncenter" width="300"]forwarded-message-bg-portuguese fonte: techtudo[/caption]É bom sempre ficarmos espertos aos conteúdos prejudiciais. A ferramenta ainda não está disponível, mas é provável que seja lançada ainda este ano. E nunca é demais alertar para ter cuidado com links e arquivos suspeitos que são encaminhados pelas redes sociais!Resultado de imagem para gif piscadinha 

Compartilhe:
Receba novidades e promoções exclusivas