26/06/2020

Google Sala de Aula: Saiba mais sobre o aplicativo gerenciador de aulas online

Compartilhe:

          A realização de aulas, cursos e estudos em ambiente virtual é um processo que vem acontecendo ao longo dos anos, com o surgimento de plataformas de cursos online, como a Udemy, e a popularização dos cursos à distância (EAD), que utilizam as inúmeras tecnologias de informação e comunicação para repassar conhecimento. Mas neste ano, com o cancelamento de aulas presenciais em todos os níveis de ensino em virtude da pandemia, as aulas virtuais não são mais opção: passaram a ser a realidade de muitos professores e alunos de todo o país. 
          Os aplicativos de aulas virtuais (além de outras ferramentas e recursos on-line) tiveram um crescimento muito expressivo com a pandemia. E como muitas pessoas não estavam familiarizadas com o uso da tecnologia para os estudos, quesitos como funcionalidade, simplicidade, variedade de recursos e usabilidade são fundamentais para um aplicativo. O Google Sala de Aula (ou Google Classroom) reúne estas características e está sendo muito utilizado para o gerenciamento de atividades. Inclusive as escolas estaduais do RS estão utilizando a ferramenta.
          Para utilizar o Google Classroom, basta ter uma conta pessoal no Google e acessar: https://classroom.google.com/. Você pode participar de uma turma, informando o código disponibilizado pelo professor da disciplina, ou criar uma turma. No caso da criação de turmas de escolas, é preciso que a instituição de ensino se inscreva em uma conta gratuita do Google Suite for Education. Mas caso sua intenção seja somente realizar estudos específicos, você pode simplesmente criar a turma e aproveitar os recursos: criação de atividades, testes, perguntas, disponibilizar material, criar tópicos para interação, interagir com as pessoas na turma e até disponibilizar as notas. Uma grande vantagem da ferramenta é que tudo que foi postado permanece no espaço da turma/disciplina.
         Para acessar os conteúdos do Google Sala de Aula em uma turma já criada por um professor, você precisará somente ter uma conta (ou seja, um e-mail Gmail) e utilizar o “código da turma” que o professor deverá encaminhar a todos os seus alunos. Ou ainda, caso o professor envie o convite para participação na turma diretamente por e-mail, você só terá de clicar em um link.
          Importante: o Google Sala de Aula não oferece suporte para videochamadas, mas seu “irmão” Google Meet resolve o problema. Pelo aplicativo, é possível conversar simultaneamente com até 250 pessoas.
          Tudo ainda parece muito novo, mas muitas pessoas estão chamando esta nova forma de interação escolar como o “novo normal”. Por mais que esperamos que a rotina volte ao que era antes da pandemia o quanto antes, temos a consciência de que provavelmente, nada mais será 100% como antes. E recursos digitais como o “Google Sala de Aula” provavelmente vão fazer parte da rotina de todos os estudantes.

Compartilhe:

Verifique sua área de cobertura e assine agora!

Receba novidades e promoções exclusivas
+Termos de uso